Escolha uma Página
Publicidade
Ontem a noite fui ver o filme do “joker, o palhaço” (Quem entendeu essa referência ganha mais 1 ponto de carisma na ficha de RPG). Todos estavam falando muito bem do filme e eu queria conferir com meus próprios olhos, até porque eu não analiso um filme que nem os críticos de cinema, que adoram aqueles filmes de terror que não tem nada de terror (Momento desabafo).

Mas devo dizer para vocês que as pessoas não estavam exagerando. Coringa não tem de forma nenhuma ser um filme de Super herói, ou super vilão… é simplesmente a história de um cara! (Bem maluco por sinal). Esse filme consegue agradar gregos e troianos, afinal existem pessoas que não suportam mais essa onda de filmes de super heróis, e nem essa onda de remakes. O senhor Joaquin Phoenix, com o perdão da expressão: Matou a pau. Mas isso não era surpresa para mim, desde que foi anunciado como ator principal eu pensei: Esse filme vai ser bom, esse cara não faz filme ruim. Para provar isso eu recomendo que vocês vejam um filme com a história de vida do Johnny Cash, o filme se chama “Walk the line” de 2005, é simplesmente sensacional! Ele também participou do filme clássico de ficção científica com Mel Gibson, “Sinais”.

Publicidade

Fato é que o menino Joaquin conseguiu dar uma loucura gigantesca para o “Coringa”, mas conseguiu fazer isso de uma forma crível, não é aquela coisa exagerada, você consegue acreditar realmente que possa existir alguém daquele jeito. Na minha cabeça, conseguiram dar um tom de filme de biografia a um personagem ficcional, e esse foi o principal acerto do filme. Sobre fotografia, Texto, bla bla bla, não vou falar nada. Até porque eu acho que a principal análise que você está querendo saber sem spoilers é se vale a pena ver o filme, e isso posso dizer com certeza. Em tempos de ingressos com preços estratosféricos, vale cada centavo.

Publicidade

VAMOS DOMINAR O MUNDO!

Compartilhe com seus amigos e ajude o Nerd Show a crescer e dominar o mundo!